Tecnologia e Manejo

16/06

Entenda um Pouco Mais Sobre Sorgo

Entenda um Pouco Mais Sobre Sorgo

 

É uma planta de origem africana, da mesma família botânica do milho, que é utilizada na alimentação animal, principalmente de bovinos. QUANTOS TIPOS DE SORGO EXISTEM?

Basicamente, existem quatro tipos de sorgo – granífero, sacarino, vassoura e forrageiro.

É um tipo de sorgo de porte baixo, altura de planta até 170cm, que produz na extremidade superior, uma panícula (cacho) compacta de grãos. Nesse tipo de sorgo o produto principal é o grão. Todavia, após a colheita, como o resto da planta ainda se encontra verde, pode ser usada também como feno ou pastejo.

É um tipo de sorgo de porte alto, altura de planta superior a dois metros, caracterizado, principalmente, por apresentar colmo doce e suculento como o da cana-de-açúcar. A panícula (cacho) é aberta e produz poucos grãos (sementes). Na nossa região pode ser utilizado como sorgo forrageiro, na forma de silagem e de corte. Todo sorgo sacarino pode ser forrageiro.

É um tipo de sorgo que apresenta como característica principal a panícula (cacho) na forma de vassoura. Não é plantado na nossa região. Tem importância regionalizada, principalmente no Rio Grande do Sul, onde é usado na fabricação de vassouras.

É um tipo de sorgo de porte alto, altura de planta superior a dois metros, muitas folhas, panículas (cachos) abertas, com poucas sementes, elevada produção de forragem e adaptado ao Agreste e Sertão de Pernambuco. Existe sorgo forrageiro que possui colmo doce. Nesse caso, pode ser chamado também de sorgo sacarino.

O sorgo pode ser plantado de duas maneiras: manual ou na plantadeira. É importante que antes do plantio o terreno esteja bem preparado e limpo.

O plantio manual é feito em covas rasas, distantes uma da outra 20cm, dentro de cada linha ou fileira. A distância entre as fileiras é de 80cm.

Colocam-se três (3) sementes em cada cova.

O sorgo é plantado, neste caso, com plantadeira à tração motorizada (trator), devidamente regulada e deixando cair 20 sementes em cada metro de sulco, no caso de plantadeira de duas linhas em sulcos. Pode ser feito também com a matraca ou a plantadeira à tração animal.

8 a 10 quilos.

Herbicida à base de Atrazina.

4 a 5 litros do produto comercial.

A adubação química é feita mediante recomendação da análise de fertilidade do solo. Na adubação orgânica, pode-se aplicar (dependendo da disponibilidade), 10 a 15 toneladas por hectare de estrume de curral, que deverão ser incorporadas à área de cultivo antes do plantio. 

No início da estação chuvosa.

Formiga de roça (cortadeira) – esta pode ser controlada através de iscas formicidas ou aplicando o inseticida diretamente no formigueiro. Este controle deve ser iniciado antes do plantio, prolongando-se até 40 dias após (dentro do campo e nos arredores).

Lagarta elasmo – é uma praga que só ataca plantas jovens, até 30 dias após o plantio. O controle é feito realizando-se o tratamento das sementes. Para isso, usa-se Furadan TS ( um litro para cada 100 quilos de sementes).

Para pequenos plantios pode ser feita manualmente, colhendo-se a planta inteira e, dependendo do caso, passar na forrageira (para consumo direto dos animais) ou na ensiladeira (para enchimento do silo). Para grandes plantios poderá ser utilizada a colheitadeira acoplada ao trator, onde o destino final do material colhido é o silo.

Entre a fase que vai logo após o florescimento até a fase de endurecimento dos grãos, dependendo da natureza do sorgo. Se for um sorgo de colmo seco, colhe-se mais cedo e se for um sorgo de colmo suculento (sacarino), colhe-se mais tarde.

As variedades IPA 467-42 e IPA SF-25 ou outras variedades desenvolvidas para a região.

  1. O QUE É SORGO?
  2.  
  3.  
  4.  
  5. O QUE É SORGO GRANÍFERO?
  6.  
  7.  
  8. O QUE É SORGO SACARINO?
  9.  
  10.  
  11. O QUE É SORGO VASSOURA?
  12.  
  13.  
  14. O QUE É SORGO FORRAGEIRO?
  15.  
  16.  
  17. COMO O SORGO É PLANTADO?
  18.  
  19.  
  20. COMO É FEITO O PLANTIO MANUAL DO SORGO?
  21.  
  22.  
  23. QUANTAS SEMENTES SÃO PLANTADAS EM CADA COVA?
  24.  
  25.  
  26. COMO É FEITO O PLANTIO DE SORGO USANDO A PLANTADEIRA?
  27.  
  28.  
  29. QUANTOS QUILOS DE SEMENTES DE SORGO SÃO NECESSÁRIOS PARA PLANTAR UM (1) HECTARE?
  30.  
  31.  
  32. QUAL O HERBICIDA USADO NA CULTURA DO SORGO?
  33.  
  34. QUE QUANTIDADE APLICAR NA CULTURA DO SORGO?
  35.  
  36. COMO É FEITA A ADUBAÇÃO NA CULTURA DO SORGO?
  37.  
  38.  
  39. QUAL A ÉPOCA DE PLANTIO DO SORGO?
  40.  
  41. QUAIS AS PRINCIPAIS PRAGAS DE IMPORTÂNCIA NA CULTURA DO SORGO E COMO CONTROLÁ-LAS?
  42.  
  43.  
  44. COMO É FEITA A COLHEITA DO SORGO FORRAGEIRO?
  45.  
  46.  
  47. QUAL A ÉPOCA DA COLHEITA DO SORGO FORRAGEIRO?
  48.  
  49.  
  50. QUAL O SORGO FORRAGEIRO RECOMENDADO PARA PLANTIO NAS REGIÕES DO AGRESTE E DO SERTÃO DE PERNAMBUCO?
  51.  
  52.  
  53. QUAL A PRODUÇÃO ESPERADA DE SORGO FORRAGEIRO?
  54.  
  55. Seguindo estas recomendações, e as condições climáticas apresentando-se favoráveis, a produção do sorgo forrageiro poderá alcançar de 10 a 15 toneladas por hectare de matéria seca. Esta produção atende às necessidades de consumo de 6 a 8 animais adultos durante um período de cinco meses. Uma boa silagem de sorgo tem condições de garantir uma produção de 7 litros de leite por vaca/dia, sem necessidade de fornecer concentrado.

 

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

 

Ter o cuidado de não deixar os animais se alimentarem de sorgo jovem ou da soca (até um metro de altura), devido à presença do ácido cianídrico (HCN). Caso isso ocorra, poderá surgir nos animais um princípio de intoxicação. Esta poderá ser controlada administrando-se Sulfato de Atropina;

Eliminar rigorosamente os formigueiros, dentro e próximo à área de plantio;

Caso o produtor não disponha de silo, o sorgo poderá ser colhido em quantidades que atendam às necessidades diárias dos animais. Deverá ser processado na forrageira, ou mesmo picado no cocho. Neste caso, o sorgo poderá ser colhido até a fase de palhada;

Existe um outro tipo de sorgo forrageiro precoce e de porte herbáceo que apresenta aptidão, principalmente para feno, conhecido como sorgo Sudão, capim Sudão ou sorgo sudanense.

 

 

Fonte: Instituto Agronômico de Pernambuco



Publicidade