Tecnologia e Manejo

20/03

RAÇA ILLAWARRA

RAÇA ILLAWARRA

 

Raça desenvolvida na Austrália, baseada em importações britânicas no século XIX, cruzadas com Longhorn Durhams, Durhams Shorthorn, Red Lincoln, Red Ayrshires e Jersey, a raça ILLAWARRA foi selecionada para ser um animal de alta produção leiteira com rusticidade.

A variedade foi desenvolvida quase que acidentalmente, há cerca de dois séculos, pelos criadores de Shorthorn, da região de Illawarra, no extremo sudeste australiano, quando procuravam por novas linhagens para melhorar seus rebanhos.

Porém, sem terem muitas opções na região, usaram outras raças que estavam tendo ótimos resultados na europa para melhorar a qualidade de seus rebanhos.Em 1910 a Illawarra Milking Shorthorn Association foi formada. Vinte anos depois, a Illawarra Cattle Society of Australia foi criada, levando a raça ILLAWARRA a tirar a palavra “Shorthorn”.

Uma das mais conhecidas vacas ILLAWARRAS foi Melba 15th of Darbalara, que obteve o recorde mundial de peso ao atingir mais de 1.000 kg de peso vivo, produzindo 880 kg de manteiga em uma lactação de 365 dias.

Aliás, produções de mais de 8.000 kg de leite são comuns na raça ILLAWARRA.

São normalmente animais de frame elevado. Vacas produzindo mais de 40 litros por dia em 300 dias de lactação, de 10.000 litros não são incomuns.

Devido ao seu leite com teor moderado de gorduras e alto de proteínas, a raça está em franca ascensão no mundo devido à crescente demanda mundial por proteína. Nas últimas décadas, o ILLAWARRA tem sido exportado para vários países como: Nova Zelândia, África do Sul, Canadá, USA, Índia, Paquistão, Coréia do Sul, Tailândia, Filipinas, continente europeu e agora, com exclusividade, chega ao Brasil através da ARAUCÁRIA GENÉTICA BOVINA.

Adaptabilidade

As vacas australianas estão sujeitas a uma ampla gama de condições climáticas. Embora as temperaturas em áreas de produção leiteira variam de 0 a 40ºC, as vacas ILLAWARRA se desenvolvem em pastagens e não são alojadas em nenhuma época do ano. Conseqüentemente, elas se adaptam muito bem em países situados nos trópicos, como o Brasil.

Facilidade de Parto

Uma das características mais marcantes de vacas ILLAWARRA é a sua capacidade autônoma para parir, sem nenhuma assistência. Uma característica altamente desejável, que ocorre devido a sua excelente formação pélvica e natural determinação como mãe.

Úbere

O úbere é grande, mas não pendente, ficando muito bem posicionado atrás e na frente. A pele é fina, elástica e de uma tonalidade laranja, coberta de pêlos curtos de seda e veias pronunciadas e visíveis. Os tetos são de 65 a 75 milímetros de comprimento, colocados de forma uniforme, na cor marrom, e debaixo dos vasos sanguíneos.

Longevidade

Uma vaca ILLAWARRA pode parir com 2 anos de idade, e parir regularmente a cada 12 meses, aumentando o seu rendimento a cada ano, até chegar a vaca adulta. Muitas têm produzido ao longo da vida mais de 60.000 litros de leite.

Pigmentação

O ILLAWARRA tem unhas fortes e pele de pigmentação escura, evitando assim problemas de câncer de pele bronzeada e tetas.

Este é um dos fatores que contribuem para a reputação do ILLAWARRA como animal de excelente temperamento.

 

Fonte: Araucária genética Bovina



Publicidade