Tecnologia e Manejo

12/09

Portal DBO: A pecuária de corte e seus números

Portal DBO: A pecuária de corte e seus números

 

Que os números fazem parte do cotidiano das nossas vidas não é novidade. Na nossa certidão de nascimento já vêm estampados pelo menos a data e o peso ao nascimento, e o tempo todo utilizaremos padrões numéricos para definir nossa saúde como, por exemplo, o da pressão normal (de 12 por 8), taxas de glicose, colesterol bom e ruim, hemograma, plaquetas, leucócitos, sempre nos chamados “valores de referência”, que orientam os médicos na prescrição de vitaminas ou remédios em cápsulas (mg) ou gotas (ml), de 8 em 8 ou 12 em 12 horas. Tudo rigorosamente calculado, em números.

 

Na pecuária moderna não é diferente, dimensionamos o tamanho do cocho em centímetros por animal, calculamos o consumo diário de sal mineral, a ingestão em gramas por kg de proteinados ou em porcentagem do peso vivo de ração para semiconfinamento ou confinamento. Na inseminação artificial em tempo fixo (IATF), as doses dos medicamentos para sincronização do cio e ovulação são aplicadas nos dias zero, sete e nove e a inseminação com a dose fecundante de sêmen de 0,5 ou 0,25 ml é feita no dia onze, apenas para citar um dos protocolos. No laboratório de fecundação in vitro, as atmosferas de gás carbônico e oxigênio são controladas… em números.

 

E é dos laboratórios também que chegam as análises de pH do solo e quantidade de micro e macro elementos presentes, para a partir delas o agrônomo calcular a correção e adubação necessárias, além da quantidade de sementes por hectare baseando-se na porcentagem de valor cultural. Daí em diante uma adubação de reposição pode ser programada para manutenção do perfil do solo, levando-se em conta a lotação animal.

 

Com a programação da reprodução, chega a hora de escolher também o sêmen ou os touros, em cujas provas observamos DEPs de valor negativo para peso ao nascer. Ah, e antes de escolhê-los não se esqueça de analisar toda a régua de avaliações para perímetro escrotal, área de olho de lombo, marmoreio, peso à desmama, sobreano, stayability e, se passou por prova de consumo alimentar residual, o chamado CAR, porque isso pode significar muitas vezes lucro ou prejuízo. A compra dessa genética é feita normalmente em leilões com pagamentos em parcelas, sendo duas à vista, duas com 30 dias e as demais mensais acrescidas da comissão de compra. Uma boa notícia é que a genômica aumentou muito a acurácia, diminuindo a margem de erro. Todos buscam os Top 0,1 ou os que melhor se destacam em 10.000 reprodutores para as características escolhidas para a seleção.

 

Já na reta final, antes de embarcar a boiada para o frigorífico, pese os animais na propriedade e monte lotes dependendo se estavam ou não em jejum, porque existe um número para comparar o rendimento de carcaça obtido após a pesagem final.

 

Na hora de receber, lembre-se que a indústria é obrigada a descontar do valor ofertado 1,5% de Funrural e de que todos os anos você tem até o dia 30 de abril para recolher 5,5% de imposto de renda se você opta pelo lucro presumido ou real baseado no livro caixa. Travar suas vendas na Bolsa pode ser uma opção, mas antes tenha todos os custos apontados, inclusive o de oportunidade, e tenha em mente: preço não é margem.

 

A alíquota do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR) está exorbitante e a prefeitura agora é que estipula o valor da terra nua, que em alguns municípios subiu assustadoramente e as entidades buscam discutir a alíquota com o governo.

 

E, por favor, não confunda sua conta pessoal com a da fazenda; compre um veículo com menor consumo por litro de combustível e que tenha um valor de revenda atrativo ou, caso contrário, alugue um, mas antes de definir, faça as contas.

 

Enfim… se você está entrando na pecuária agora ou quer se manter nela, é bom se familiarizar com os números e uma dica que eu dou é ler o livro “ O Homem que calculava”, de Malba Tahan. Esse livro pode ajudá-lo, e muito, porque, na pecuária, se tem um implemento cada vez mais indispensável é a planilha de Excel, ou, no mínimo, uma calculadora. Mãos à obra e boas contas!



Publicidade