Tecnologia e Manejo

03/04

‘Professor Pardal’ brasileiro desenvolve tecnologias de tratamento microbiológico de água

‘Professor Pardal’ brasileiro desenvolve tecnologias de tratamento microbiológico de água

 

Da produção dos próprios brinquedos, quando ainda era criança, a criador de tecnologias ambientais sustentáveis, especialmente de tratamento microbiológico de água, o gaúcho Clóvis Bourscheib pode ser comparado ao “Professor Pardal”, personagem da Walt Disney bastante conhecido por suas invenções.

Proprietário da empresa Lics Super Água, que funciona no município de Selbach, na Mesorregião Noroeste Rio-grandense, a cerca de 300 quilômetros de Porto Alegre (RS), onde se fala o dialeto Riograndenser Hunsrückisch, o executivo é motivo de admiração e reconhecimento profissional na área tecnológico nacional e internacional.

Criada há 15 anos por Bourscheib, a companhia se tornou referência no mercado brasileiro e latino-americano de saneamento ambiental e tratamento microbiológico de água em decorrência de tecnologia própria aplicada em equipamentos inovadores e de baixo custo, que permitem a realização de limpeza e purificação dos recursos hídricos em situações diversas.

O portfólio de produtos e serviços é vasto; e a tecnologia e equipamentos são patenteados.

DO CAMPO À CIDADE

Comunidades rurais, prefeituras, associações de bairros, cooperativas habitacionais, áreas indígenas e de ribeirinhos, agropecuaristas, indústrias, laticínios, entre outros, já beneficiaram dos serviços oferecidos pela Lics Super Água.

A empresa possui filial em Fortaleza (CE) e representantes comerciais nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina.

As iniciativas da Lics Super Água são um exemplo de como os pequenos negócios podem contribuir para o cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) número 6, que objetiva garantir água potável e saneamento em 193 países até 2030.

Ao todo, 17 ODS compõem a Agenda 2030, assinada por todos os países presentes na Cúpula das Nações Unidas (ONU), realizada em Nova York, em 2015.

As estações de tratamento de água (ETA) do empreendimento gaúcho também são implantadas por companhias de água públicas e privadas.

SEM USO DE ENERGIA ELÉTRICA

O monitoramento das fontes dispensa o monitoramento manual usualmente feito por técnicos, informa Clóvis. O modelo Gutewasser, o mais vendido, é mecânico e não precisa de energia elétrica.

Os equipamentos criados por Bourscheib e sua equipe, atualmente composta por engenheiros civil, mecânico, geólogo e bioquímico, foram além das fronteiras nacionais. Hoje, são utilizados no Paraguai, Bolívia, Colômbia e Panamá.

HISTÓRIA

Ao ser comparado com o personagem Professor Pardal, da Walt Disney, ele recebe como um elogio. Formado em Administração de Empresas, o executivo gaúcho se lembra bem dos tempos de infância, quando inventava os próprios brinquedos. Sempre foi muito inventivo, comenta.

“Trabalhei na gestão pública como secretário municipal de 1993 a 1998 e queria melhorar a qualidade de vida das famílias de pequenas propriedades rurais de Selbach, com água tratada”, conta Bourscheib.

Quando constatou a impossibilidade de realizar seu desejo, e não se dando por satisfeito, começou a estudar o assunto, mergulhando em pesquisas e começando a desenhar soluções para seu desafio.

Inicialmente, a partir de tecnologias e equipamentos existentes no mercado, ele criou, em 2002,  a Lics Super Água. Naquele mesmo ano, um grande incêndio atingiu sua principal fornecedora de insumos.

Bourscheib se sentiu perdido, mas foi incentivado por sua esposa a tirar as ideias dele do papel, para produzir seus próprios equipamentos com suas próprias tecnologias. Assim começa a história da linha de produtos da sua empresa, criada e patenteada pelo Professor Pardal gaúcho.

MAIS DE 3 MIL ETA’s ESPALHADOS PELO PAÍS

Atualmente, mais de três mil ETAs (Estações de Tratamento de Água) da Lics Super Água estão implantadas no Brasil, beneficiando mais de 1,5 milhão de famílias em cerca de 230 municípios no Sul do País (RS, SC, PR), além de MT, MS, BA, MG e mais 60 municípios cearenses.

No momento, a empresa está se capacitando para atuar no mercado internacional, especialmente na América do Sul, América Central e África.

RECONHECIMENTO

Neste ano, a Prefeitura de Erechim (RS) adquiriu 50 Gutewasser, que foram instalados na zona rural. A química industrial Denise Régio, que trabalha no setor de manutenção de redes de água do governo municipal, conta que pesquisou no mercado para realizar o processo licitatório e não encontrou nenhum sistema com as vantagens do produto desenvolvido pela Lics Super Água.

“O Gutewasser é mecânico, prático, durável e possibilita a cloração e fluoretação da água no meio rural. Ele é portátil, fechado e é ligado direto na tubulação, não permitindo a contaminação por insetos e roedores”, afirma a química industrial.

Outra vantagem, segundo ele, é que não precisa monitorar diariamente ou semanalmente o tratamento. “Com a ETA Gutewasser, essa atividade pode ser feita a cada três ou quatro meses”, atesta.

A Lics Super Água também disponibiliza os tabletes com cloro e flúor simultaneamente, a serem repostos no equipamento. Desse modo, destaca Denise, os moradores de área rural podem usufruir de água fluoretada, além de clorificada, como a população urbana.

CARRO-CHEFE E OUTROS PRODUTOS

O carro-chefe da Lics Super Água tem nome alemão: Gutwasser, que significa ‘água limpa’. Parecendo com uma gota d’água azul, que mede 55 centímetros, o equipamento é capaz de tratar água de um bairro com 500 famílias, produzindo 40 mil litros por hora.

O Gutwasser foi o terceiro produto criado pelo empresário gaúcho, ao custa que varia entre R$ 3 mil e R$ 5 mil, dependendo se a instalação for feita pelo próprio cliente ou pela empresa. Já foram vendidos aproximadamente cinco 5 mil unidades desse modelo.

“Esse produto faz muito sucesso devido à simplicidade de instalação e operação. Não precisa de energia elétrica, ele é movido pela força da água”, explica Bourscheib.

Ele ainda conta que os equipamentos são enviados via Sedex, avião, ônibus e até barcos e helicóptero.

LINHA DE PRODUTOS

A linha de produtos da empresa é composta por: estações de tratamento (seis modelos, sendo um deleé o Gutwasser), medidores, condicionador magnético, microrganismos, insumos e kits de teste.

Na linha de serviços, oferece laboratório de ensaios microbiológicos e físico-químicos de água; monitoramento das Estações de Tratamento de Água e controle da qualidade da água; limpeza e desinfecção de reservatórios de abastecimento de água; perfuração, recuperação e manutenção de poços artesianos, outorga para direito de uso de águas; detecção de vazamento de água; assistência técnica e manutenção de ETA.

SUCESSO

O sucesso da tecnologia e equipamentos da pequena empresa gaúcha se deve ao fato de não precisarem de energia, à grande capacidade de produção, ao baixo custo e alta adaptação a diferentes vazões (a mínima é de 500 litros por hora).

Essa tecnologia é baseada no estrangulador automático com aletas flexíveis, que se abrem e fecham de acordo com a vazão da água. “Nenhum equipamento no mundo faz isto”, garante Bourscheib.

O Gutwasser conta com atestados de capacidade técnica das seguintes instituições: Sistema Integrado de Saneamento Rural (Fortaleza/CE); Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Fortaleza/CE); Confederação Nacional do Comércio (CNC); e Confederação Nacional da Indústria (CNI).

No momento, o protótipo do sétimo modelo de ETA está sendo desenvolvido para a Defesa Civil Nacional, que demandou um produto para ser usado em situações de emergência, como municípios atingidos por enchentes. “Já tinha estudado estas situações”, diz o Professor Pardal. A encomenda surgiu em uma reunião em Brasília.

PRÊMIOS E SEBRAE

A Lics Super Água foi premiada pelo MPE Brasil 2014 do Sebrae (Serviço de Apoio a Micro e Pequenas Empresas), Movimento Brasil Competitivo do Sebrae (MBC) e Gerdau, vencendo a etapa estadual e ficando entre as empresas finalistas nacionais na categoria indústria, inovação tecnológica.

“Sempre estivemos ligados ao Sebrae por meio de consultorias e do Sebraetec”, afirma o empresário gaúcho.

As implantações da ISO 9001: 2008, em 2013, e atualmente a ISO 17025, em andamento, voltada a gestão da qualidade em laboratórios de água, foram subsidiadas pelo Programa Sebraetec.

MISSÕES INTERNACIONAIS

O empresário e inventor participou de missões internacionais do Sebrae à Alemanha, China, Estados Unidos, Peru, Bolívia, Colômbia.

Conquistou o 2ª lugar entre 44 organizações com projetos de inovação tecnológica, num universo de 494 empresas inscritas na chamada pública Inova Pequena Empresa RS Finep/PAPPE Subvenção nº 1/2009.

Também venceu o Prêmio TOYP Brasil na categoria Desenvolvimento Científico e/ou Tecnológico, em 2011. Para mais informações, acesse www.licssuperagua.com.br.

Fonte: Centro Sebrae de Sustentabilidade com edição d’A Lavoura



Publicidade