Tecnologia e Manejo

02/05

Novo aparelho orienta atividade de pulverização por meio de comandos de voz, fotos e vídeos

Novo aparelho orienta atividade de pulverização por meio de comandos de voz, fotos e vídeos

 
O equipamento SprayX, uma invenção da startup de mesmo nome em parceria com o Centro de Engenharia e Automação do Instituto Agronômico (CEA-IAC), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, será lançado na Agrishow 2019, de 20 de abril a 3 de maio, em Ribeirão Preto, interior paulista. O aparelho orienta as ações de técnicos e aplicadores de defensivos agrícolas nas lavouras por meio de comandos de voz, fotos e vídeos. Pouco maior do que um smartphone, o equipamento funciona interligado à internet, ao acionar bases de dados e informações requeridas sobre a correta aplicação de defensivos agrícolas.
 
“A ação do técnico é totalmente orientada e conduzida pela tecnologia, desde o momento em que ele veste seu equipamento de proteção individual (EPI) até aplicar o produto nas plantas. Qualquer erro atrelado a esses aspectos do trabalho é detectado e a correção apontada pelo aparelho”, resume Hamilton Ramos, pesquisador do CEA-IAC, que coordenou ensaios de desenvolvimento do SprayX.
 
Segundo o pesquisador, a novidade traz uma solução inovadora que tende a reduzir a exposição de trabalhadores aos defensivos agrícolas. “O equipamento deverá contribuir para evitar casos de acidentes e intoxicações decorrentes da baixa qualificação de aplicadores, o que, infelizmente, ainda é uma realidade”, acrescenta Ramos. O pesquisador ressalta que o mau uso de defensivos agrícolas no Brasil resulta em perdas anuais de cerca de US$ 2 bilhões ao agronegócio.
 
Além das soluções à pulverização, o SprayX funcionará como um aliado na melhora da capacitação de aplicadores. “Essa tecnologia fomentará a disseminação de boas práticas no campo. Isso é muito importante e motivou a adesão da Secretaria ao projeto da startup”, enfatiza Ramos.
 
O aparelho SprayX foi desenvolvido com apoio do fundo ACE/Agrostart, vinculado ao programa de aceleração global Google Launchpad.
 
Pulverizadores, bicos e função social – Tidas como fundamentais para a aplicação correta de defensivos agrícolas, a regulagem e a calibração dos equipamentos pulverizadores também estão entre as funções gerenciadas pelo SprayX, segundo explica o empreendedor Edson Minatel, um dos desenvolvedores do sistema. Ele acrescenta que outro problema crítico na área, igualmente solucionado com apoio do SprayX, está associado à utilização de pontas de pulverização desgastadas durante a aplicação dos defensivos.
 
“Uma ponta fora de condições de uso leva a desperdícios, tem impacto potencialmente danoso ao ambiente e pode fazer com o que o produto químico não funcione como se espera, ocasionando prejuízos agronômicos e financeiros ao produtor”, explica Minatel.
 
Já o empreendedor Mauro Anjo, sócio-diretor de tecnologia da startup SprayX, enfatiza que o sistema foi concebido após os empreendedores ouvirem queixas de produtores e especialistas, principalmente sobre prejuízos advindos da baixa capacitação profissional predominante na atividade de aplicação de defensivos agrícolas. “Essa percepção demandou a criação de uma metodologia diferente da adota no ensino e também novas ferramentas com vistas à capacitação e ao apoio aos trabalhadores de campo”, finaliza Anjo.



Publicidade