Tecnologia e Manejo

07/08

Braskem: Resinas de polietileno são transformadas em filmes wrap para Silagem de pré secados

Braskem: Resinas de polietileno são transformadas em filmes wrap para Silagem de pré secados

 

A Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, tem investido no desenvolvimento e fornecimento de soluções que oferecem competitividade e alto rendimento para a pecuária brasileira. Exemplo disso é o wrap, filme de polietileno para armazenagem de alimentação animal, como silagem pré-secada.

 

Por muito tempo, o processo de produção de pré-secado – produzido pela mistura de plantas ceifadas e secas, geralmente gramíneas e leguminosas – era utilizado apenas para fornecer nutrição aos animais nos períodos de inverno ou seca em países de clima mais frio, como Chile, Estados Unidos e Europa. Contudo, com a mudança de modelo na pecuária do Brasil, que cada vez mais passa a ser realizada de forma intensiva, a necessidade de gestão de alimentos tornou-se essencial.

 

“A pecuária está passando por um processo de transformação. Hoje, a agricultura tem demandado áreas que antes eram ocupadas por pastagem. Desta forma, os pecuaristas estão vendo necessidade de produzir em áreas menores, alimentar diretamente os animais e utilizar novas tecnologias”, afirma Ana Paiva, especialista em Desenvolvimento de Mercado da Braskem.

 

Frente a esses desafios, a demanda de silos-fardo por produtores rurais segue em tendência de alta. "O diferencial do produto está na altíssima exigência quanto a sua aplicação, uma vez que o produto final precisa formar um silo. Para isso, o produto tem que conter excelentes características químicas e mecânicas, para garantir proteção, resistência, durabilidade e um ambiente altamente vedado", afirma Rodrigo Gerling, diretor da Extraplast, empresa de Carazinho (RS) parceira da Braskem para desenvolvimento do produto desde 2013. No caso da companhia gaúcha, alguns de seus maiores clientes são os produtores de leite de todo o Brasil.

 

Já paranaense a Manuli Fitasa comercializa os filmes desde 2016, para embalagem de fardos de silagem, e vê o mercado brasileiro com otimismo. Apostando no crescimento, a empresa espera alcançar participação de 30% no mercado doméstico de wrap neste ano.

 

Martinho Hendrikx, produtor de fardos de silagem em Holambra (SP), comprova a eficácia do wrap no campo. Ele embala cerca de 20 mil fardos de silagem pré-secada por ano - cada fardo com 150 quilos e 100% adubado com adubos orgânicos - o que equivale a aproximadamente 740 bobinas. “O filme de PE protege o capim dos efeitos da luz e do ar, mantendo-o novo por até oito meses no campo”, afirma. Satisfeito com a demanda crescente pelos fardos de silagem, ele agora pretende dobrar sua produção de feno pré-secado até o final de 2018, para 110 hectares, com distribuição nacional e garantia de uma boa embalagem e proteção.

 

Sobre a Braskem

 

A Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, com volume anual superior a 20 milhões de toneladas, incluindo a produção de outros produtos químicos e petroquímicos básicos, e com faturamento anual de R$ 55 bilhões. Com o propósito de melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico, a Braskem exporta para Clientes em aproximadamente 100 países, conta com cerca de 8 mil integrantes e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.



Publicidade