Tecnologia e Manejo

13/09

Florestas plantadas: Plano para os próximos dez está em discussão

Florestas plantadas: Plano para os próximos dez está em discussão

 

As diretrizes que deverão ser seguidas pelos produtores de florestas comerciais no Brasil pelos próximos dez anos estão disponíveis para receber contribuições da sociedade civil. O Mapa abriu por 30 dias consulta pública para o Plano Nacional de Desenvolvimento de Florestas Plantadas (PlantarFlorestas), divulgado por meio da Portaria 3.086.

 

“A política agrícola para o setor florestal durante muitos anos esteve fora do Ministério da Agricultura, era competência de outros ministérios. Agora voltou por conta do entendimento de que o setor de floresta plantada é equiparado à agricultura. É uma área de produção”, relata o coordenador-geral de Florestas e Assuntos de Pecuária, da Secretaria de Política Agrícola, João Salomão.

 

O PlantarFlorestas tem como meta aumentar em dois milhões de hectares a área de cultivos comerciais. Atualmente, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a área cultivada chega a 10 milhões de hectares, principalmente com eucalipto, pinus e acácia. As florestas plantadas estão localizadas principalmente em Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

 

Ele conta que o plano é o resultado de um processo amplo junto ao próprio setor e foi construído no âmbito da Câmara Setorial de Florestas Plantadas do Mapa, em um grupo de trabalho coordenado pela Embrapa Florestas. “Ali, o setor pôde expressar o que vê como desafio e o que pode ser feito para superar estes desafios”, diz Salomão.

 

O segmento de cultivo de florestas tem grande participação na balança comercial. Em 2017 as exportações só ficaram atrás do complexo soja, de carnes e do setor sucroalcooleiro. De acordo com a Indústria Brasileira de Árvores (IBÁ), o país lidera o ranking de produtividade florestal, com média de 35,7 m³/ha/ano, o que representa quase duas vezes mais do que a produtividade dos países do hemisfério norte.

 

As florestas plantadas ocupam apenas 1% da área do país, mas o segmento é responsável por 91% de toda a madeira produzida para fins industriais. Ainda de acordo com dados da IBÁ, o valor da produção florestal atingiu R$ 18,5 bilhões em 2016 e gera 510 mil empregos diretos.

 

De acordo com os levantamentos do IBÀe Pöyry, os investimentos no setor chegaram a R$ 6,7 bilhões, divididos em R$ 3,2 bilhões nas florestas e R$ 3,5 bilhões na indústria. Foram ainda aplicados mais R$ 497 milhões em programa socioambientais.

 

Para João Salomão, a participação do setor e da sociedade na construção e discussão do PlantarFlorestas se faz fundamental. “Este era um antigo anseio do setor: que tivesse plano de longo prazo, com política específica para florestas plantadas. Isso foi conseguido.  Agora cabe a nós e ao setor contribuir e fazer com que o plano fique ainda melhor”, defende ele.

 

Equipe SNA/Rio



Publicidade