Tecnologia e Manejo

29/08

Repositórios de acesso aberto da Embrapa ganham novas versões e funcionalidades

Repositórios de acesso aberto da Embrapa ganham novas versões e funcionalidades

 

A Embrapa acaba de lançar as novas versões do Repositório de Informação Tecnológica da Embrapa (Infoteca-e) e do Repositório de Acesso Livre à Informação Científica (Alice), seguindo a tendência mundial de fortalecimento de sistemas de acesso aberto às informações científicas, que considera a ciência como um bem público e que, portanto, deve ser compartilhada de forma irrestrita.

Com um resultado de 3,3 milhões de acessos em 2016, o Infoteca-e tem como proposta disponibilizar gratuitamente informações tecnológicas (livros, fôlderes, cartazes, vídeos e programas de rádio Prosa Rural), no formato impresso ou eletrônico, para um público de agricultores, técnicos da extensão rural, estudantes, entre outros. Já o Alice, com um resultado de 4, 4 milhões de acessos no ano passado, disponibiliza gratuitamente, conteúdos científicos baseados em resultados de pesquisas, tais como artigos, teses e dissertações de pesquisadores e analistas da Embrapa. A gestão dos repositórios tem a coordenação conjunta da Embrapa Informação Tecnológica (Brasília, DF) e da Embrapa Informática Agropecuária (Campinas, SP).

“As novas versões dos repositórios repercutem na melhoria da busca por informações seja pelo público, em geral, seja pelos pesquisadores, em especial, nos diversos temas e assuntos relacionados à agricultura. Se eu descrevo melhor os metadados de um artigo, por exemplo, recupero o artigo com mais facilidade”, afirma Alessandra Silva, supervisora de Informação e Documentação da Embrapa Informação Tecnológica, setor responsável pela coordenação do Sistema Embrapa de Bibliotecas (SEB).

Alessandra ressalta, ainda, que a atualização dos repositórios, além de aumentar a visibilidade da produção técnico-científica da Embrapa, também impacta positivamente na área de publicações do Portal da Empresa, pois documentos depositados nos repositórios são recuperados rapidamente pelos mecanismos do Portal. “Então, em várias esferas, essa atualização traz benefícios, já que os nossos repositórios também são lidos por outros metabuscadores, que promovem maior visibilidade mundial para as informações científicas e tecnológicas da Embrapa”.

Metabuscadores são sistemas de busca na web que permitem ao usuário a pesquisa em vários mecanismos simples de busca simultaneamente. O analista Luís Eduardo Gonzales, da Embrapa Informática Agropecuária, ressalta que, além de atender melhor às demandas da sociedade, essa evolução tecnológica possibilita incorporar novas funcionalidades, facilitando consultas à produção técnico-científica da Empresa.

Plataforma DSpace

Entre as principais atualizações, destaca-se a atualização da plataforma DSpace  para a versão 5.6, o que permitiu melhorar o gerenciamento dos mecanismos de buscas e implementar novas facilidades, entre elas, a integração com novos sistemas, melhor indexação pelo Google, possibilidade de acesso por celulares, tablets, Ipad e outros dispositivos móveis. Também foi possível manter o histórico de estatísticas de acesso aos dois repositórios desde a sua criação, em 2011.

O DSpace é um software livre adotado por diversas instituições de pesquisa que disponibilizam sua produção científica em acesso livre. O Repositorium, da Universidade do Minho, em Portugal, serviu como base para as atualizações realizadas pela Embrapa em seus repositórios. No Brasil, outro instituto de pesquisa que utiliza o DSpace como plataforma de repositórios é a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio do Arca. “Optamos por uma formatação mais simples para facilitar os processos de migração dos documentos da antiga versão da plataforma para a atual”, detalha Alessandra.

Creative Commons

Os conteúdos dos novos repositórios estão disponibilizados para acesso, downloads e uso a partir da licença pública de uso internacional Creative Commons, possibilitando melhor entendimento do usuário quanto às permissões de uso, compartilhamentos e aproveitamento dos conteúdos científicos e técnicos da Embrapa em acesso aberto.

“As licenças públicas Creative Commons são legíveis por máquina e estão disponíveis em diversos idiomas, assegurando o direito de autor e esclarecendo os usos autorizados desses materiais – se podem, por exemplo, ser copiados, compartilhados, comercializados ou distribuídos”, explica a pesquisadora em Gestão da Informação, Patrícia Bertin, da Secretaria de Gestão e Desenvolvimento Institucional. “A licença confere maior transparência quanto aos termos de uso dos documentos disponibilizados nos repositórios da Embrapa”, complementa.

Qualidade dos metadados

A melhoria da qualidade dos metadados dos documentos disponíveis em acesso aberto nos repositórios - trabalho executado pela equipe que integra o Sistema Embrapa de Bibliotecas (SEB) -, também facilitou a recuperação rápida da informação. Na prática, a equipe do SEB trabalhou na melhoria da descrição de cada campo que compõe as informações de uma publicação disponível nos repositórios, por exemplo, nome da Unidade onde o documento foi elaborado, data de sua inclusão, tipo de material, autoria, conteúdo, palavras-chave, entre outros, facilitando e agilizando os processos de buscas de documentos pelo usuário, bem como a interface com outras plataformas e buscadores.

“Este é o primeiro estágio na retomada da evolução técnica dos repositórios de acesso aberto. Como a ferramenta DSpace evoluiu muito nesses últimos 7 anos, e os processos de produção e compartilhamento de publicações técnico-científicas também, nosso objetivo agora é produzir novas versões com novos recursos em uma maior frequência”, explica Marcos Cezar Visoli, pesquisador em Dados, Padrões e Tecnologias Abertas, da Embrapa Informática Agropecuária, e um dos responsáveis pela evolução da plataforma e atualização dos repositórios.

Ele destaca, ainda, que a atualização dos repositórios também atende ao diagnóstico realizado por ocasião do desenvolvimento do projeto especial "Governança de Dados e da Informação para o Conhecimento na Embrapa (GovIE)", no tema relativo às ações de melhoria em acesso aberto na Embrapa.

Patrícia Bertin acrescenta que “as ferramentas de acesso livre, como os repositórios institucionais, maximizam o acesso e a visibilidade da produção científica de organizações de P&D, além de contribuírem para um melhor monitoramento e controle dessa produção, que frequentemente está pulverizada em periódicos científicos e anais de conferências com distribuição restrita”.

Para conhecer os repositórios acesse: www.infoteca.cnptia.embrapa.br e www.alice.cnptia.embrapa.br

 

Maria Clara Guaraldo (Mtb 5027/MG) 
Embrapa Informação Tecnológica 
 
Telefone: (61) 3448 - 2493

Nadir Rodrigues (MTb 26.948/SP) 
Embrapa Informática Agropecuária 
 
Telefone: (19) 3211-5747

 

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)

www.embrapa.br/fale-conosco/sac/



Publicidade