Tecnologia e Manejo

15/12

Edição 708 d’A Lavoura destaca: ‘Minhocas aumentam produtividade agrícola’

Edição 708 d’A Lavoura destaca: ‘Minhocas aumentam produtividade agrícola’

 

Estudo que contou com a participação de um pesquisador brasileiro e que foi publicado na Scientific Reports, única publicação de acesso livre do Nature Publishing Group, revela que a presença das minhocas no solo aumenta a produtividade agrícola.

 

O resultado – publicado na edição nº 708/2015  da Revista A Lavoura – mostra que, “em média, a presença das minhocas aumentou a produtividade de grãos em 25% e a biomassa aérea de plantas, em especial as utilizadas em pastagens, em 23%”, afirma George Brown, pesquisador em ecologia do solo da Embrapa Florestas (PR), e um dos coautores do trabalho.

 

“A biomassa das raízes também aumentou em 20%”, revela. Outra conclusão é que as minhocas não influenciaram no teor de nitrogênio das plantas, indicando que a qualidade não foi abalada. “Portanto, as minhocas afetam principalmente a produtividade”.

 

“O resultado era esperado”, afirma Brown. “Há centenas de anos as minhocas são consideradas aliadas do agricultor, ajudando no crescimento das plantas. Contudo, o que não sabíamos ainda era a dimensão do efeito positivo, nem como ele funcionava. Foi este aspecto que avaliamos nesse trabalho”, completa.

 

PESQUISA

 

Para chegar a esse resultado, os pesquisadores reuniram artigos sobre o assunto publicados em revistas indexadas: no total foram 58 — o mais antigo é de 1910. Todos os ensaios mediram o efeito das minhocas na produtividade agrícola e a biomassa vegetal. Em seguida, foi realizada uma meta-análise dos dados, técnica estatística usada para avaliar e buscar padrões em grandes volumes de dados.

 

A equipe de pesquisa incluiu, além de Brown, professores e alunos de pós-graduação da Universidade de Wageningen (Indonésia) e um pesquisador da Northern Arizona University (Estados Unidos).

 

Os autores procuraram, ainda, elucidar os mecanismos por trás dos efeitos positivos proporcionados pelas minhocas.

 

“Com a construção de galerias, a ingestão de solo e a produção de coprólitos (excrementos), as minhocas liberam o nitrogênio presente nos resíduos vegetais e na matéria orgânica do solo, transformando o que seria adubo orgânico em mineral”, explica Jan Willem van Groenigen, líder da equipe e primeiro autor do trabalho.

 

IMPORTÂNCIA DO NITROGÊNIO

 

“E o nitrogênio é um dos nutrientes mais importantes para o crescimento das plantas”, completa.

 

O efeito positivo desapareceu quando doses maiores de adubo nitrogenado eram aplicadas pelos produtores ou quando leguminosas (que fixam nitrogênio do ar) estavam presentes. No entanto, Brown explica que as minhocas não produzem nitrogênio.

 

Elas apenas ajudam a torná-lo mais disponível para as plantas. O efeito positivo das minhocas foi maior quando estavam presentes no solo maiores quantidades de resíduos das culturas, que, por sua vez, alimentam as minhocas, como no plantio direto, por exemplo.

 

Para ler a reportagem completa (páginas 46 a 50), da edição nº 708 da Revista A Lavoura, clique aqui .

 

Assine e receba as versões impressas exclusivas para assinantes, enviando um e-mail para assinealavoura@sna.agr.br.

 

Fonte: Revista A Lavoura – Edição nº 708/2015 



Publicidade