Tecnologia e Manejo

19/10

Santa Catarina lança programa de identificação de origem de hortifrutigranjeiros

Santa Catarina lança programa de identificação de origem de hortifrutigranjeiros

 

Foi lançado ontem (18) em Santa Catarina, o programa e-Origem. A partir de agora, os consumidores poderão saber a origem de frutas, verduras e legumes, além de dados sobre o uso de agrotóxicos. Todas essas informações estarão disponíveis por meio da leitura digital de uma etiqueta.

 

Desenvolvido pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), o sistema proporciona o registro da movimentação dos vegetais ao longo de toda cadeia produtiva, do produtor até o comércio. Além disso, facilita o monitoramento do uso de agrotóxicos nos hortifrutigranjeiros e atende a uma demanda dos consumidores, cada vez mais interessados em saber quem produz seus alimentos.

 

O presidente da Cidasc, Enori Barbieri, explicou que para aderir ao programa, os produtores rurais devem se cadastrar no sistema on-line da companhia, onde irão inserir as informações sobre cada produto. Esse banco de dados irá gerar uma etiqueta que deve ser colada na embalagem. “Tudo sem custo para os produtores”, destacou.

 

A adesão não é obrigatória, mas é uma opção essencial para quem não quer perder mercado, ressaltou Barbieri. Agora serão realizadas campanhas junto a entidades e sindicatos rurais, para ajudarem os produtores no processo de cadastramento e adaptação ao novo serviço. As obrigações do produtor que aderir ao e-Origem são: fazer o cadastro do produtor primário no sistema, garantir a rotulagem do produto e realizar a comercialização utilizando a nota fiscal de produtor.

 

DATAGRO 



Publicidade