Tecnologia e Manejo

09/06

Hortitec 2017: Tomates enriquecidos com licopeno s√£o destaques da Embrapa

Hortitec 2017: Tomates enriquecidos com licopeno s√£o destaques da Embrapa

 

Duas cultivares de tomate serão apresentadas pela Embrapa na 24ª Hortitec – Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas, que acontece em Holambra/SP, de 21 a 23 de junho. Os tomates BRS Nagai e BRS Zamir fazem parte de uma nova geração de tomates híbridos enriquecidos com licopeno, desenvolvidos pelo programa de melhoramento genético do tomateiro da Embrapa Hortaliças.

O pigmento licopeno é um carotenoide que confere a típica cor vermelha dos frutos do tomateiro. Ele é um dos compostos antioxidantes mais eficientes no combate aos radicais livres no organismo. A principal fonte de licopeno na dieta humana é o tomate e produtos derivados como sucos, geleias, sopas, molhos e extratos.

O tomate BRS Zamir, do segmento “grape”, é recordista em acumulação de licopeno no mercado brasileiro. Entre vários híbridos comerciais de tomate, o BRS Zamir apresentou os maiores teores de licopeno –  entre 114-144 mg/g. “Do ponto de vista nutricional, os frutos do híbrido BRS Zamir funcionam como uma gostosa ‘cápsula’ de licopeno”, brinca o pesquisador Leonardo Boiteux. Os frutos também se destacam pelo sabor adocicado e pela excelente conservação – após a colheita eles duram até 18 dias em temperatura ambiente.

No segmento de tomates do tipo longa vida, o valor de licopeno gira em torno de 30 mg/g, mas o híbrido BRS Nagai, do tipo saladete, apresenta o dobro desse valor, alcançando de 60-80 mg/g. Além disso, os frutos do tomate BRS Nagai são firmes e apresentam boa tolerância a rachaduras e ao fundo preto. “Uma das tarefas mais importantes do programa de melhoramento genético tem sido disponibilizar aos consumidores cultivares que combinem fatores nutricionais e atributos sensoriais, como sabor e aroma”, ressalta Boiteux.

Vantagens para o setor produtivo

Além das características que beneficiam os consumidores, os novos híbridos de tomates desenvolvidos pela Embrapa também agregam fatores desejados pelos produtores rurais como alta produtividade e resistência às principais doenças do tomateiro.

O BRS Nagai, por exemplo, destaca-se pelos genes naturais que conferem resistência e/ou tolerância a mais de 40 variantes de fungos, bactérias e vírus, que atacam severamente os campos de produção de tomate e causam prejuízos econômicos de grandes proporções aos produtores rurais no Brasil. Em especial, esse híbrido possui elevado nível de resistência aos principais vírus que atingem o tomateiro, como o tospovírus e o begomovírus.

Indicado para cultivo em todas as regiões produtoras, em campo aberto e em ambiente protegido, em qualquer época de semeadura, o tomate BRS Nagai tem ampla adaptação geográfica devido às características genéticas inseridas nessa cultivar via melhoramento genético. Sua primeira floração ocorre próxima ao nível do solo, o que eleva a produtividade e aumenta o período de colheita. “O potencial produtivo do tomate BRS Nagai pode alcançar 440 caixas de 25 kg por 1000 plantas, o que equivale a 11 kg por planta”, quantifica o pesquisador. 

O tomate BRS Zamir também apresenta uma peculiaridade genética que resulta em maior produtividade: um gene que estimula o grau de bifurcação dos cachos e aumenta o número de frutos por penca. Em cultivo protegido, o tomate BRS Zamir apresenta potencial produtivo na faixa de 6 a 8 kg de frutos por planta, sendo que o início da colheita ocorre 80 dias após o plantio. Esse híbrido também apresenta imunidade ao oídio, que é uma importante doença em condições de cultivo protegido.

Esses dois tomates foram desenvolvidos por meio de contrato de cooperação técnica em parceria com a empresa Agrocinco, que está licenciada para a comercialização de sementes. Os interessados em adquirir sementes dessas cultivares devem entrar em contato pelo e-mail agrocinco@agrocinco.com ou pelo telefone (19) 3879-6787. No caso da cultivar BRS Zamir, as sementes estarão disponíveis para venda daqui a quatro meses.

Novas tecnologias para a produção de tomate

Na quinta-feira (22/6), o público presente na Hortitec 2017 também vai poder participar do “Painel Embrapa: novas tecnologias para a produção de tomate”, programado das 10h às 12h, no Auditório do evento. O painel vai reunir pesquisadores e especialistas para apresentar tecnologias recomendadas para o cultivo e a pós-colheita de tomate como um fertilizante organomineral granulado à base de cama de frango, o sistema de produção de tomate em cultivo sustentável (Tomatec) e uma classificadora vertical compacta.

Serviço

24ª Hortitec – Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas

Quando: 21 a 23 de junho – das 9h às 19h

Onde: Recinto da Expoflora (Al. Maurício de Nassau, 675 – Holambra/SP)

 

 

Paula Rodrigues (MTB 61.403/SP) 
Embrapa Hortaliças 
 
Telefone: (61) 3385.9109

 

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)

www.embrapa.br/fale-conosco/sac/



Publicidade