Tecnologia e Manejo

25/04

HORTIFRUTI/CEPEA: Principais características da abobrinha

HORTIFRUTI/CEPEA: Principais características da abobrinha

 

A abobrinha está entre as sete culturas analisadas pela revista Hortifruti Brasil na edição de abril. Os principais estados produtores, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Goiás, representam 92% do total comercializado nas ceasas, segundo o Prohort.

 

A produção de abobrinha é bem pulverizada, por sua adaptabilidade a uma grande faixa de climas. Na região Sul do País, mais fria, a produção é encontrada majoritariamente de agosto até março. Nesta região, a colheita pode ser um pouco mais demorada, de 60 até 75 dias.

 

Em climas quentes, o plantio não tem início determinado, podendo ocorrer em qualquer mês, e tem ciclo de produção de 40 a 50 dias. De modo geral, a cultura pede climas amenos, visto que o frio costuma atrapalhar o desenvolvimento.

 

A abobrinha costuma ser rentável ao produtor, já que o cultivo não tem custo elevado. É, também, uma alternativa na rotação de culturas, principalmente com tomate. Porém, exige solos com boa drenagem e a realização de correções na acidez.

 

Dentre as oportunidades na cultura da abobrinha, a possibilidade de controle biológico de pragas auxilia na venda de produtos mais naturais e reduz os custos. Além disso, a popularização de uma alimentação mais saudável tem incluído a abobrinha numa maior gama de receitas, aumentando a possibilidade de consumo.

 

Mais informações sobre o cultivo de abobrinha (e de outros seis produtos), estão na edição de abril da Hortifruti Brasil. Confira o conteúdo completo, clicando aqui 

 

Fonte: hfbrasil.org.br



Publicidade