Tecnologia e Manejo

06/12

Manejo equilibrado de cálcio eleva produtividade da banana

Manejo equilibrado de cálcio eleva produtividade da banana

 

A banana é uma das frutas mais famosas e consumidas ao redor do mundo, seu uso está presente na culinária em pratos doces e salgados, pode ser usada como biomassa e também é uma poderosa aliada para quem pratica exercícios físicos, já que possui alta concentração de potássio e carboidrato.

 

Para um melhor fruto, é necessário o manejo adequado do solo das bananeiras e, principalmente, atenção a um dos elementos mais essenciais para o seu desenvolvimento, melhoria da produtividade e qualidade dos frutos: o cálcio. Rafael Val, especialista agronômico da Yara – empresa líder em nutrição de plantas – afirma que o fornecimento desse nutriente deve ser constante. "O cálcio é o terceiro elemento mais demandado pela bananeira e pouco móvel nas plantas. Responsável pela formação da parede celular, é indispensável para o crescimento das raízes e folhas das plantas", ressalta.

 

Outra questão importante na nutrição da bananeira é a solubilidade do fertilizante, pois, facilita a absorção de cálcio e melhora a produtividade, resultando em 16% a mais no peso dos cachos, quando comparado com as fontes comuns do mercado. O cálcio é imóvel na planta e sua deficiência se manifesta visivelmente nas folhas novas, que podem ser observadas em tamanhos menores.

 

"Existe uma relação direta entre o número de folhas saudáveis e a quantidade de frutos. As bananeiras têm uma demanda por nutrientes muito alta, mais do que a maioria das outras culturas, por isso, é importante para a produtividade da lavoura acertar esta etapa e ter atenção ao equilíbrio da nutrição", reforça Val.

 

O manejo correto do cálcio, assim como qualquer outro nutriente, deve sempre levar em consideração o conceito da aplicação na dose, fonte, momento e local corretos, buscando o equilíbrio entre os componentes presentes na solução, associados a fontes mais eficientes, para um uso racional e consciente dos fertilizantes.

 

Lenita Sampaio Aquilino



Publicidade