Tecnologia e Manejo

27/05

Aprenda fazer o Clorador para tratamento de água em residência rural

Aprenda fazer o Clorador para tratamento de água em residência rural

 

• 1 bucha de redução soldável longa de 60 por 25 milímetros;(4) 
• 3 tubos de PVC de 25 milímetros de diâmetro e 30 centímetros de comprimento(5,9,11);
• 3 adaptadores de 25 milímetros por 3/4 de polegada (1,12);
• 2 registros de esfera com borboleta em PVC de 3/4 de polegada (3,6);
• 1 nipel de 3/4 de polegada (7);
• 1 Te soldável de 25 milímetros (10);
• 1 Te soldável de 25 milímetros por 0,5 polegada com rosca (8);
• 1 torneira de jardim de 0,5 polegada (2);
• Lixa especial para PVC;
• Cola para PVC

Antes de começar a colar os tubos e conexões, pegue a lixa especial para PVC e limpe a superfície brilhante das extremidades dessas peças.

Feito isso, vá encaixando cada parte conforme mostra o desenho. Para facilitar a montagem, fixe primeiro a base do clorador para depois colocar os tubos e conexões da parte central do equipamento.

No cano de captação da água, que geralmente vem de um poço artesiano, cole um adaptador de 25 x 3/4'. Em seguida, fixe essa peça ao registro de esfera de 3/4', que será colado a outro adaptador de 25 x 3/4'.

Na extremidade de um dos tubos de 25 milímetros, encaixe esse adaptador. No outro lado do cano, cole o Te de 25 milímetros. Essa peça irá se fixar a outro tubo de 25 milímetros e, na parte superior, ao nipel de 3/4'. Na outra ponta desse cano, você irá colar o Te de 25 milímetros por 0,5 polegada com rosca, peça importante para fixar a torneira de jardim e a tubulação que levará a água até o reservatório.

Na parte central do clorador, o nipel de 3/4' é fixado de um lado ao Te de 25 milímetros e do outro ao segundo registro de esfera de 3/4'. Cole esta peça a um adaptador de 25 x 3/4' para, em seguida, encaixar o conjunto a um tubo de 25 milímetros de diâmetro. Este, por sua vez, será colado à bucha de redução. Para limpar a cola que sobra nas junções, passe mais uma vez a lixa especial para PVC.

Neste simples e barato jogo de montar, a maior facilidade, porém, está na hora de usá-lo. Basta, primeiro, comprar em lojas que vendam produtos para piscinas o cloro granulado, de preferência estabilizado, que normalmente contém 60% desse elemento químico. Mantenha essa substância longe do alcance de crianças e animais e tome cuidado na hora de manuseá-lo.

Para garantir água potável é rápido. 
Feche o registro de entrada de água para oreservatório A . Em seguida, deixe a torneiraB aberta até que toda a água contida na tubulação escorra. Misture em meio copo com água uma colher rasa de café do cloro granulado até dilui-lo. Esta quantidade é o bastante para um reservatório com capacidade para 500 a mil litros de água.

Abra o registro do clorador C e despeje devagar a solução no receptor D . Procure evitar que a mistura borbulhe porque pode atingir os olhos. Feita essa operação, feche o registro do clorador, lave o recipiente com água limpa e tampe-o com uma placa de PVC. Por fim, abra novamente o registro da entrada de água A . Em apenas uma hora, a água do reservatório estará livre de germes e pronta para ser consumida. Essa operação pode ser realizada novamente após o uso da capacidade total da caixa d'água.




Fonte: Terra Sul e Globo Rural

 



Publicidade