Tecnologia e Manejo

28/04

Os perigos da desidratação dos bezerros

Os perigos da desidratação dos bezerros

 

Distúrbio causa impactos na produção atrasando o desenvolvimento e levando animais à morte

 

A desidratação por diarreia em bezerros é um dos problemas de maior impacto enfrentado pelos produtores. O distúrbio atrasa o desenvolvimento e pode levar o animal à morte.

 

A doença acomete os bezerros nas primeiras semanas de vida, fase em que o sistema imune ainda não protege adequadamente o jovem animal contra a ação de protozoários, bactérias e vírus patogênicos.

 

Estudos recentes mostram que as perdas de fluídos corporais podem chegar a 12% em apenas um dia. “Por conta da perda líquido, os bezerros ficam desidratados rapidamente, o que causa o desequilíbrio eletrolítico e pode levar o animal à morte”, explica o Gerente de Marketing Unidade de Ruminantes da Ceva Brasil, Rudsen Pimenta.

 

Dependendo do grau de desidratação, o bezerro pode apresentar sintomas como, olhos fundos, perda da elasticidade da pele, membranas e mucosas orais secas e perda de peso corporal.

 

Algumas práticas de manejo podem piorar o quadro, como o corte do fornecimento de leite ao bezerro. “Estudos recentes demonstram que se repusermos os eletrólitos perdidos na diarreia através de uma solução que não aumente o pH do abomaso, não devemos cortar o fornecimento de leite, pois além de hidratação, o bezerro precisa também de nutrição e energia. O leite é o melhor alimento para o bezerro.”, comenta Rudsen.

 

Para ajudar os produtores a combater a desidratação, a Ceva Saúde Animal desenvolveu o Rehydion, um suplemento mineral para a estabilização do equilíbrio hídrico e eletrolítico de bezerros.

 

O produto possui em sua formulação eletrólitos ealcalinizantes que não aumentam o pH do abomaso que ajudam a hidratar e nutrir o animal. “O Rehydion trata os desequilíbrios eletrolíticos e de acidose causados pela desidratação, recuperando rapidamente o bezerro e diminuindo os impactos causados pela doença”, afirma Rudsen.

 

O Rehydion pode ser adicionado ao leite, o que diminui a mão de obra e facilita o tratamento.  Além disso, o produto apresenta uma série de benefícios como, reidratação rápida e reposição de eletrólitos e controle da acidose.

 

Sobre Ceva

 

A Ceva Santé Animale, 6ª empresa global de saúde animal, está focada na pesquisa, desenvolvimento, produção e comercialização de produtos farmacêuticos e vacinas para animais de estimação, ruminantes, suínos e aves. A empresa teve faturamento de € 856M em 2015 e emprega 4.000+ pessoas em todo o mundo. Sede localizada em Libourne, França. Website: www.ceva.com

 

Gisele Assis 



Publicidade