Tecnologia e Manejo

01/12

Ministério da Agricultura proíbe antibiótico sulfato de colistina em ração animal

Ministério da Agricultura proíbe antibiótico sulfato de colistina em ração animal

 

O Ministério da Agricultura proibiu a fabricação e importação do antibiótico sulfato de colistina, geralmente presente em rações animais. A medida foi publicada na edição desta quarta-feira do “Diário Oficial da União”.

 

De acordo com a Instrução Normativa 45/2016, será proibido, em todo território nacional, fabricar e importar essa substância, com a finalidade de aditivo zootécnico melhorador de desempenho na alimentação animal.

 

O ministério só permitirá o uso, a comercialização e a fabricação da substância quando a empresa ou produtor comprovar que mantém estoques de matéria-prima para fabricação por no máximo um ano, ou que estoca a ração para comercialização por no máximo dois anos.

 

Ainda segundo a pasta da Agricultura, a instrução normativa está alinhada com um movimento de combate à resistência de substâncias antimicrobianas em rações ou medicamentos veterinários.

 

Fonte: Valor Econômico



Publicidade