Tecnologia e Manejo

08/09

Alertas de Mercado: Boi, Frango, Ovos e Suínos

Alertas de Mercado: Boi, Frango, Ovos e Suínos

 

Boi

 

As recentes altas nos preços do boi gordo têm animado pecuaristas para o segundo giro de confinamento, a ponto de buscarem boi magro no estado do Pará para engorda em São Paulo, conforme colaboradores do Cepea. Até meados de julho, terminadores estavam desanimados, o que reduziu o número de animais confinados no primeiro giro para patamares bem abaixo do esperado.

 

No mercado de boi gordo, a oferta ainda restrita de animais e o recuo vendedor dificultam a compra de novos lotes por parte de frigoríficos, mesmo quando o preço ofertado é maior. Assim, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa registrou aumento de 1,1% entre 30 de agosto e 6 de setembro, fechando a R$ 144,82 na quarta-feira, 6 – valor à vista e livre de Funrural.

 

Frango

 

Os preços da carne de frango subiram nesses primeiros dias de setembro, após cinco meses consecutivos de queda.

 

Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário está atrelado ao maior ritmo de comercialização no mercado interno e aos bons resultados das exportações em agosto, que atingiram recorde para o mês em toda a série histórica da Secex, de 382,7 mil toneladas, alta de 8% frente a julho e de 16,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Entre 30 de agosto e 6 de setembro, o frango inteiro congelado se valorizou 4,9% no atacado da Grande São Paulo, fechando a R$ 3,44/kg na quarta-feira, 6. O preço do resfriado, por sua vez, subiu 2,2% no período, para R$ 3,46/kg no dia 6.

 

Ovos 

 

Apesar do período de início de mês, quando o consumo tende a aumentar, a oferta de ovos segue elevada, pressionando os valores em algumas praças acompanhadas pelo Cepea. Segundo colaboradores, a entrada de ovos do tipo caipira no mercado tem aumentado, elevando a competição com os ovos comerciais.

 

Nas próximas semanas, o volume ofertado ainda deve crescer, já que temperaturas mais altas favorecem a produção e reduzem a qualidade dos ovos, o que pressionaria ainda mais os valores.

 

Entre 30 de agosto e 6 de setembro, o preço médio do ovo tipo extra, branco, colocado na Grande São Paulo, recuou 1%, com a caixa de 30 dúzias negociada a R$ 87,72 na quarta-feira, 6. Para retirada em Bastos (SP), as cotações do produto diminuíram 0,8%, para R$ 82,35/cx na quarta-feira. 

 

Suínos 

 

As exportações brasileiras de carne suína atingiram os maiores patamares do ano em agosto, totalizando 58,90 mil toneladas – volume 20,9% maior que o de julho e 2,4% acima do de agosto de 2016.

 

Segundo pesquisadores do Cepea, o aumento dos embarques pode estar atrelado ao ganho de competitividade da carne suína brasileira no mercado externo, que teve preço médio de US$ 2,43/kg no mês passado, 3,6% menor que o de julho.

 

Mesmo assim, os preços internos seguem em queda na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea, refletindo a demanda enfraquecida. No Sudoeste Paranaense, o preço do animal vivo registrou baixa de 3% entre 30 de agosto e 6 de setembro, com média de R$ 3,75/kg na quarta, 6. 

 

Cepea – www.cepea.esalq.usp.br



Publicidade