Tecnologia e Manejo

27/10

27/10 - Alertas de Mercado: Boi, Citros, Frango, Ovos e Suínos

27/10 - Alertas de Mercado: Boi, Citros, Frango, Ovos e Suínos

 

Boi

 

Valores bastante dispersos têm sido reportados por colaboradores do Cepea, refletindo a urgência de algumas negociações e as características diferentes dos lotes comercializados. Nesse cenário, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo recuou 2,2% entre 18 e 25 de outubro, a R$ 137,90 nessa quarta-feira, 25. No mercado atacadista da carne com osso, a carcaça casada do boi se desvalorizou 0,52% no período, a R$ 9,49/kg nessa quarta. 

 

Citros

 

A comercialização de laranjas no mercado de mesa está lenta, devido ao período de final de mês, quando a procura costuma diminuir. No entanto, conforme produtores consultados pelo Cepea, o menor número de frutas com qualidade próxima à demandada por este segmento tem elevado os valores da laranja pera. Assim, nessa quinta-feira, 26, o preço da variedade teve média de R$ 19,30/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 3% frente à média do dia 19.

 

Já as cotações da lima ácida tahiti despencaram nos últimos dias. De acordo com colaboradores do Cepea, embora a oferta siga restrita em São Paulo, a entrada de frutas ainda miúdas no mercado tem pressionado os valores.  Além disso, o mercado in natura não teria absorvido os volumes disponibilizados a preços mais elevados na semana passada (cerca de R$ 80,00/cx de 27 kg). Nesse cenário, o valor médio da variedade nessa quinta-feira foi de R$ 63,54/cx de 27 kg, colhida, expressivo recuo de 26,3% em relação à média do dia 19.

 

Frango

 

Apesar das valorizações da carne de frango no acumulado de outubro, as cotações recuaram entre 19 e 26 de outubro, refletindo a redução da demanda, típica na segunda quinzena do mês. Na Grande São Paulo, o quilo do frango inteiro congelado registrou queda de 2,75% nos últimos sete dias, a R$ 3,73 nessa quinta-feira, 26. Para o inteiro resfriado, a desvalorização foi de 1,9% no mesmo período, para R$ 3,65/kg nessa quinta.

 

Ovos

 

O aumento da oferta tem pressionado as cotações dos ovos no mercado doméstico – nos últimos sete dias, os preços recuaram pela sexta semana consecutiva. Nesse cenário, o setor tem procurado realizar promoções, com o objetivo de garantir boa liquidez ao produto, já que o clima quente e úmido tende a reduzir o tempo de estoque dos ovos. Entre 19 e 26 de outubro, os valores do ovo tipo extra, branco, recuaram 8% na região de Bastos (SP), para R$ 72,80 por caixa com 30 dúzias nessa quinta-feira, 26.

 

No acumulado do mês, por sua vez, a desvalorização foi de 7,8%. O preço do ovo tipo extra, vermelho, caiu 5,9% nos últimos sete dias e 8,3% no acumulado de outubro na mesma praça, a R$ 80,02/cx nessa quinta, 26.

 

Nesse cenário, a diferença entre os preços dos ovos brancos e vermelhos segue ampla, com média de 7,15 reais em Bastos neste mês, 16% menor que a observada em setembro, mas 97% superior à de outubro/16, quando foi de 3,62 reais.

 

Suínos

 

Os valores do suíno vivo caíram na maioria das praças acompanhadas pelo Cepea no acumulado de outubro (até o dia 25). Segundo colaboradores do Cepea, a oferta maior que a demanda tem pressionado levemente as cotações semana a semana.

 

Nessa quarta-feira, 25, a média do vivo na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba) foi de R$ 4,06/kg, queda de 2,7% no período. Já os preços dos cortes suínos subiram no acumulado do mês, principalmente daqueles considerados “natalinos”, como lombo e pernil. A proximidade do final do ano leva agentes a aumentar a demanda por esses produtos para estoque.

 

No estado de São Paulo, o pernil desossado se valorizou 1,7% em outubro, a R$ 7,08/kg nessa quarta-feira. O lombo, por sua vez, fechou a R$ 10,00/kg no dia 25, alta de 2,4%.

 

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br



Publicidade