Tecnologia e Manejo

07/01

Aberta consulta pública para Política Nacional de Recursos Genéticos

Aberta consulta pública para Política Nacional de Recursos Genéticos

 

Responsável por abrigar uma das mais ricas biodiversidades do planeta, o Brasil dá um passo importante para o uso e a conservação de recursos estratégicos ao país quando se trata de alimentação, agricultura, pecuária e outras áreas. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Portaria Nº 1 da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação (SDI), abriu à consulta pública, por um período de 60 dias, a proposta de texto sobre a Política Nacional de Recursos Genéticos para a Alimentação e Agricultura (PNRGAA). Com isso, a sociedade civil poderá participar com sugestões a respeito do anteprojeto.

   Segundo a chefe geral da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, Cléria Inglis, a Política Nacional de Recursos Genéticos  é fundamental para apoiar as ações nesse campo,  garantir suporte orçamentário e investimentos em infraestrutura e recursos humanos, bem como na organização do conhecimento sobre os  recursos genéticos conservados no Brasil. "Estas ações permitirão a integração das instituições envolvidas na conservação e uso dos recursos genéticos, garantindo o acesso às informações a nível nacional, fundamental para atendimento aos compromissos assumidos pelo país", destacou Cléria.

   Um dos participantes do Grupo de Trabalho Técnico criado pelo Mapa para a elaboração do texto, o pesquisador Samuel Paiva diz que " a proposta orientará as ações não só do Governo Federal como das empresas públicas, universidades e institutos de pesquisa, na esfera federal, podendo, mediante mecanismos de estímulo, atuar no nível estadual e municipal”.  

   A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, responsável por abrigar o Banco Genético da Empresa, um dos cinco maiores do mundo, teve um papel importante na construção do texto, que tem como objetivo promover, de forma integrada, a conservação, valorização e o uso sustentável de recursos genéticos com recorte para agrobiodiversidade. A proposta que está disponível para consulta pública foi elaborada por um Grupo de Trabalho Técnico criado pelo Mapa para essa finalidade, do qual estavam a frente os pesquisadores da Samuel Paiva, Rosa Lia Barbieri (ambos dessa Unidade) e Maria José Amstalden Moraes Sampaio, da Secretaria de Inteligência e Relações Estratégicas da Embrapa. 

   Para ler o texto completo clique aqui 

 

Maria Devanir Heberlê (MTB/RS 5297)
Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Contatos para a imprensa

Telefone: 3448-3266

 

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)

www.embrapa.br/fale-conosco/sac/



Publicidade