Notícia

05/01

São Paulo: Vacinação contra febre aftosa bate recorde

São Paulo: Vacinação contra febre aftosa bate recorde

 

Durante a segunda etapa de vacinação contra febre aftosa, realizada em novembro, o estado de São Paulo imunizou 99,42% de bovídeos (bovinos e bubalinos). O índice anterior, registrado em novembro de 2016, foi 99,36%. Os dados são do sistema informatizado Gedave, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

 

Durante a segunda etapa da campanha foram vacinados 11.072.122 bovídeos. Os 64.166 bovídeos que não tiveram sua vacinação informada ao sistema estão distribuídos em 3.045 propriedades rurais, que estão sendo notificadas pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria. A vacinação contra a febre aftosa é obrigatória e deixar de vacinar ou de comunicar a imunização está sujeito à multas.

 

O rebanho paulista está distribuído em 130.537 propriedades rurais. Na etapa realizada durante o mês de novembro, a vacinação foi obrigatória para todos os bovídeos, independente da idade.  Durante a campanha, os técnicos da Defesa Agropecuária fiscalizaram e assistiram a vacinação em um total de 937 propriedades, acompanhando a vacinação de 64.491 bovídeos.

 

DATAGRO 



Publicidade