Notícia

04/10

Prorrogado o prazo para inscrições no Edital Redes Ecoforte

Prorrogado o prazo para inscrições no Edital Redes Ecoforte

 

O prazo para o envio de propostas para o edital de Seleção Pública nº 2017/030 Redes Ecoforte foi prorrogado para o dia 15 de dezembro. Espera-se que, com o prazo ampliado, as organizações tenham mais tempo para articular os parceiros das redes para apresentação das propostas técnicas. 

Este edital tem como objetivo selecionar propostas de apoio às redes de agroecologia, extrativismo e produção orgânica, voltadas ao fortalecimento e expansão das práticas de manejo sustentável de produtos da sociobiodiversidade e de sistemas produtivos orgânicos e de base agroecológica. O valor total previsto é de R$18,5 milhões.

As propostas podem atender a necessidades de inclusão ou ampliação da capacidade produtiva, a maturação de empreendimentos, a agregação de valor para comercialização, entre outras ações. Além disso, permite a continuidade das ações de mobilização, capacitação e intercâmbio de conhecimentos.

Os projetos enviados devem ter foco na estruturação de unidades de referência. Mas podem prever recursos para financiar a construção ou reforma de instalações; aquisição de máquinas, veículos e equipamentos; capacitações e serviços técnicos especializados; gestão dos empreendimentos apoiados; dentre outros.

O edital é dividido em duas categorias:

Categoria I – Com investimento total previsto de R$2,5 milhões, destina-se às redes que formalizaram convênio com a Fundação no âmbito do Edital 2014/005 – Redes Ecoforte. Os projetos devem prever, necessariamente, a consolidação e/ou expansão da base produtiva com a integração de novos grupos e/ou organizações produtivas. O valor das propostas inscritas nesta categoria pode variar entre R$300 e R$500 mil.

Categoria II – Com investimento total previsto de R$16 milhões, destina-se às redes de agroecologia, extrativismo e produção orgânica que não se enquadrarem na Categoria I. O valor das propostas inscritas nesta categoria pode variar entre R$800 mil e R$1 milhão.

As redes de agroecologia, extrativismo e produção orgânica, que foram apoiadas no edital anterior (2014/005), terão ainda a oportunidade de participar de um instrumento de chamada direta, voltado a implantação ou melhoria de empreendimentos econômicos, trata-se do Regulamento n.º 2017/030, com total previsto de R$6,5 milhões, sendo que o valor das propostas pode variar entre R$300 e R$500 mil.

A oportunidade é resultado do compromisso da Fundação Banco do Brasil (FBB) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em continuar o apoio ao programa Ecoforte, e envolve tanto a consolidação das redes atendidas na seleção de 2014 quanto a inclusão de novas redes. A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) e a Secretaria-Geral da Presidência da República são as encarregadas de articular o programa junto aos demais órgãos governamentais envolvidos: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ministério do Meio Ambiente (MMA), Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).


Carolina Gama
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação
Contatos: (61) 2020-0128 / 0127 e 
imprensa@mda.gov.br



Publicidade