Notícia

01/09

Programa eleva produção de leite em quatro vezes no MS

Programa eleva produção de leite em quatro vezes no MS

 

Durante o mês de agosto, a produção média de leite nas propriedades de Mato Grosso do Sul assistidas pelo Programa de Assistência Técnica e Gerencial – ATeG Mais Leite, do Senar/MS chegou a 7,08 litros/vaca/dia, número quatro vezes maior que a média estadual de 1,8 litro/vaca/dia, segundo o Anuário da Pecuária Brasileira – 2017, da Informa Economics IEG | FNP.

 

Segundo os coordenadores da iniciativa, quando comparados o desempenho produtivo de propriedades que não planejam e adequam sua reserva alimentar para a época da seca, o efeito é ainda mais significativo, pois muitas delas chegam a zerar a produção de leite neste período.

 

Na seca, o capim não cresce com o mesmo vigor e tem o seu valor nutricional reduzido, prejudicando a qualidade da forragem. Assim, em épocas de chuva escassa, é necessário adotar alternativas para manter o patamar produtivo, sendo as mais recomendadas pela ATeG Mais Leite a cana-de-açúcar com ureia, capim-elefante, leguminosas forrageiras e silagem.

 

Uagro 



Publicidade