Notícia

06/11

Preço da Arroba do MT se distancia dos preços pagos pelo boi em São Paulo

Preço da Arroba do MT se distancia dos preços pagos pelo boi em São Paulo

 

Nos últimos meses, os preços do boi gordo subiram mais fortemente no Estado de São Paulo em relação ao movimento de alta registrado no Mato Grosso. Com isso, o diferencial de base MT-SP (diferença entre o valor do Indicador Esalq/B3/Cepea, à vista, no Estado de São Paulo e os preços praticados nas praças pecuárias do Mato Grosso) atingiu -12,1%, o segundo maior deste ano e ligeiramente acima da média histórica, de 11,7%, informou Marianne Tufani, analista de bovinocultura de corte do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

 

“Apesar dos preços do boi gordo terem aumentado na mesma proporção em outubro em ambos os Estados, no mercado paulista a valorização foi mais intensa em setembro, resultando no alargamento do diferencial de base”, relata Marianne ao Portal DBO. No mês passado, a arroba do boi gordo registrou valorização média em torno de 3% tanto no mercado de São Paulo quanto na praça do Mato Grosso, fechando o período mensal valendo, em média, R$ 143,54/@ e R$ 163,26/@, respectivamente.

 

Segundo Marianne, apesar de as cotações futuras estarem nos patamares acima de R$ 170/@ (contrato com entrega para maio de 2020 na B3), os pecuaristas que lançam mão das ferramentas de hedge (proteção de preço) no mercado futuro precisam ficar atentos ao indicador de diferencial de base, “avaliando seus custos de produção, com objetivo de mapear riscos e fechar as suas estratégias de negócios”.

 

Portal DBO 



Publicidade