Notícia

09/08

Prazo para o Garantia-Safra encerra este mês em Sergipe

Prazo para o Garantia-Safra encerra este mês em Sergipe

 

O prazo para a solicitação de vistoria e a indicação de técnicos para os agricultores atendidos pelo Garantia-Safra 2016/2017 nos municípios de Sergipe se encerrará ao fim do mês de agosto. O governo do estado, em parceria com a Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário de Sergipe (DFDA-SE), organizou duas capacitações nesta terça-feira (8), com o objetivo de auxiliar os produtores nesse processo. A ação desta terça é em Nossa Senhora da Glória e, nesta quarta-feira (9), em Lagarto, ambas para explicar os procedimentos do programa.

De acordo com a coordenadora-geral do Garantia-Safra, Dione Freitas, o público-alvo do curso são os novos gestores, escolhidos na última eleição. “Como houve esse processo, muitos prefeitos mudaram e, consequentemente, também os secretários da agricultura. Para evitar que percam o prazo e não solicitem a vistoria, decidimos realizar essas capacitações”. Dione comenta ainda que nos dois dias de evento, haverá explicações sobre a metodologia do programa, para verificar se houve perda de produção, quais são os indicadores e quais são as portarias que existem sobre o assunto.

A coordenadora explica a importância do pedido de vistoria, caso haja perda da produção. “Para ter esse procedimento de verificação de perda, o primeiro passo quem dá é a prefeitura. Se a vistoria não for solicitada, a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) entenderá que naquele município houve produção e os agricultores não precisam do Garantia-Safra. Do contrário, faremos todos os procedimentos para averiguar e oferecer o benefício, se for de direito dos agricultores”, justificou Dione.

Seguindo o legado dos pais, o agricultor familiar do povoado Mucambo, no município de Nossa Senhora da Glória, José Hunaldo de Jesus, de 43 anos, afirmou que os cursos servirão para tirar dúvidas sobre o programa, no entanto, espera não precisar do auxílio. “Só terei como saber ao certo no final do mês, mas estamos com uma base confiante. A única coisa boa que temos na vida é a esperança, sem ela nada vai para frente. ”

Agricultura Familiar em Sergipe

De acordo com o último Censo Agropecuário, os estabelecimentos da agricultura familiar correspondem a 90% dos imóveis rurais do estado. Dentre os destaques da produção de Sergipe estão a mandioca, (96%), empatada com feijão preto (96%), seguido por feijão de cor (95%). O Censo também indica que 68% do valor bruto da produção agropecuária estadual sai da agricultura familiar.

 

Carolina Gama
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação
Contatos: (61) 2020-0128 / 0127 e 
imprensa@mda.gov.br



Publicidade