Notícia

09/04

Oferta elevada e estoques altos pressionam mercado do milho

Oferta elevada e estoques altos pressionam mercado do milho

 

Os estoques de milho estão elevados e a expectativa de produção da segunda safra brasileira é de cerca de 66,5 milhões de toneladas, indica o 6º Levantamento de Grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

 

De acordo com o analista de mercado da Conab, Thomé Guth, além do Brasil, a expectativa é de boa oferta de milho proveniente da Argentina e Ucrânia. “O consumo do grão está superior à oferta, mas o volume armazenado está elevado”, diz. Diante deste cenário, explica o analista, os preços na Bolsa de Chicago seguem pressionados.

 

Guth destaca que a guerra comercial entre China e Estados Unidos, além das condições norte-americanas de plantio também devem impactar o mercado brasileiro. “Nos EUA, a estimativa é de aumento da área plantada de milho”, assinala o analista, que alerta: “caso esta conjuntura permaneça, a tendência é de preços mais baixos para o milho no 2o. semestre”.

 

DATAGRO 



Publicidade