Notícia

03/08

MATO GROSSO: Borracha extrativa recebe bônus da Conab

MATO GROSSO: Borracha extrativa recebe bônus da Conab

 

Extrativistas de borracha, em Mato Grosso, receberam durante o mês de julho bônus para sua produção por meio do Programa de Garantia de Preços Mínimos para Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), operacionalizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Foram aplicados R$ 54,63 mil pela venda de 15,45 mil kgs de borracha, que havia sido comercializada a preço inferior ao mínimo determinado pelo governo federal.

 

Trinta famílias dos municípios de Aripuanâ, Porto dos Gaúchos e Juara receberam o benefício. A subvenção complementa a renda dos extrativistas, que venderam a borracha pelo valor aproximado de R$ 2,80, enquanto o preço mínimo é de R$ 5,42. O prêmio, com valor médio de R$ 2,62 reais por quilo, foi pago diretamente aos extrativistas e girou em torno de R$ 1.883,89, por família, equivalentes a aproximados 6.663 quilos de borracha cernambi virgem prensada.

 

A PGPM-Bio é um instrumento de incentivo econômico ao uso sustentável dos biomas brasileiros, que proporciona a melhoria de renda a muitas famílias que vivem no interior, próximo às matas. Por meio da política, a Conab oferece subvenção direta aos extrativistas, pagando um bônus após a comprovação da venda do seu produto por um preço inferior ao mínimo fixado pelo governo federal. Atualmente 15 produtos são amparados pela política.

 

Mais informações para a imprensa:

Gerência de Imprensa

(61) 3312-6338/6344/6393/2256/6389

imprensa@conab.gov.br



Publicidade