Notícia

11/10

Lideranças do Agronegócio propõem “Lei Rouanet” para fomentar pesquisa agrícola

Lideranças do Agronegócio propõem “Lei Rouanet” para fomentar pesquisa agrícola

 

Lideranças do agronegócio defenderam nesta terça-feira (09) na EsalqShow 2018, que acontece até esta quinta-feira (11), na Esalq/USP em Piracicaba (SP), políticas públicas que possam estimular o investimento privado em pesquisa agrícola.

 

Segundo Jacyr Costa Filho, presidente do Conselho Superior do Agronegócio (Cosag) da Fiesp e diretor do Grupo Tereos, o Brasil deveria estudar o desenvolvimento de uma legislação, nos moldes da Lei Rouanet dedicada ao fomento à cultura, que concedesse isenções fiscais para empresas que direcionassem investimentos para a pesquisa em Ciências Agrárias no País. 

 

Luiz Gustavo Nussio, diretor da Esalq/Usp, destacou o crescimento de parcerias das universidades com o setor privado como um dos caminhos para garantir o avanço das pesquisas e a capacitação das pessoas. “Não basta o Brasil ter recursos naturais e clima favorável. É preciso pensar nas pessoas, capacitá-las para serem gestores, que saibam integrar sistemas, tomar decisões com base em informações, trabalhando a integração do conhecimento”, disse. 

 

DATAGRO 



Publicidade