Notícia

13/07

Cooperativas agropecu√°rias reivindicam ajustes no Plano Safra

Cooperativas agropecu√°rias reivindicam ajustes no Plano Safra

 

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, ressaltou nesta semana [terça-feira, 11], durante o lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018, realizado pelo Banco do Brasil, que o normativo “atrapalha o andamento dos financiamentos” para as cooperativas agropecuárias.

 

Maggi se dirigiu ao presidente da República, Michel Temer, e ao presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, ao admitir que é necessário encontrar soluções que diminuam o impacto do Plano para as cooperativas. Ele também afirmou que “o Banco Central e a Fazenda (o Ministério) irão compreender que o que foi feito atrapalha e não ajuda”.

 

Segundo o “Informe OCB”, na avaliação de Freitas, o fato de o ministro Blairo Maggi reconhecer os impactos negativos do Plano para o cooperativismo agropecuário é um indicativo de que as ações de sensibilização, desenvolvidas pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), desde o lançamento do Plano, no início de junho, têm surtido efeito.

 

“Nós esperamos, de fato, que esses ajustes sejam implementados o mais rápido possível, pois as cooperativas agropecuárias abrigam boa parte dos pequenos produtores rurais e, à medida que o Plano as impede ou dificulta o seu acesso as linhas de crédito, o governo está prejudicando o negócio do produtor rural. E as pessoas no campo tem uma importância vital para estabilizar a economia do País”, disse o dirigente cooperativista.

 

UAGRO 



Publicidade