Notícia

31/01

CNA defende boas práticas de bem-estar animal em torneios leiteiros

CNA defende boas práticas de bem-estar animal em torneios leiteiros

 

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) defendeu na quarta (30), no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a importância de se efetivar medidas de boas práticas baseadas no bem-estar animal durante os eventos de torneios leiteiros no País.

 

O debate aconteceu durante a reunião do grupo técnico criado pela Câmara Setorial do Leite e Derivados do Mapa que elabora uma instrução normativa para estabelecer regras para esses eventos.

 

“A CNA participa do grupo para alinhar a normativa com a necessidade de regulamentação de pontos importantes nos torneios leiteiros,” explica Thiago Rodrigues, assessor técnico da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da Confederação.

 

A minuta do documento foca em dois pontos principais: o torneio tem que ser autorizado pelo órgão oficial de defesa agropecuária e precisa estar sob a responsabilidade de um responsável técnico, médico veterinário credenciado no Conselho Regional de Medicina Veterinária do estado.

 

“A partir disso, será possível cobrar desse responsável técnico uma atuação mais presente no torneio, monitorando os animais, o estado de saúde deles, definindo como as instalações precisam estar para recebê-los e evitar a disseminação de práticas que ferem o bem-estar animal”, reforça Rodrigues.

 

O documento prevê ainda as responsabilidades do técnico, as premissas para criação dos regulamentos de cada torneio leiteiro, assim como devem ser as instalações e o uso de medicamentos durante o evento.

 

A minuta da instrução normativa já passou por consulta pública. A previsão é que o documento seja publicado nos próximos meses.

 

Assessoria de Comunicação CNA

Fotos: Tony Oliveira
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil



Publicidade