Notícia

03/10

Brasil tem 3 unidades aprovadas para exportar carne suína à Coreia do Sul

Brasil tem 3 unidades aprovadas para exportar carne suína à Coreia do Sul

 

A Coreia do Sul autorizou pela primeira vez a exportação de carne suína de três unidades produtoras do Brasil, todas localizadas em Santa Catarina, único Estado livre de aftosa sem vacinação, informou nesta sexta-feira a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

 

As unidades autorizadas pertencem à BRF, Aurora Alimentos e Pamplona Alimentos, segundo a ABPA.

 

A viabilização das vendas depende agora de definições de detalhes no certificado sanitário brasileiro, ressaltou o vice-presidente técnico da ABPA, Rui Eduardo Saldanha Vargas, em nota.

 

A confirmação de vendas brasileiras para a Coreia do Sul, quarto maior importador mundial de carne suína, pode dar impulso adicional para a indústria do Brasil, que está entre os maiores produtores e exportadores dessa proteína.

 

A Coreia do Sul importou no ano passado 615 mil toneladas do produto em 2016, enquanto o Brasil exportou para todos os destinos 733 mil toneladas de carne suína.

 

"Após a conclusão dos certificados sanitários, esperamos que as vendas avancem, favorecendo a diversificação de destinos importadores do produto brasileiro", disse o vice-presidente de mercados da ABPA, Ricardo Santin, em nota.

 

A BRF, que poderá exportar pela fábrica de Campos Novos, também ressaltou que a conclusão do processo para a exportação depende, agora, de uma negociação entre as autoridades de ambos os países dos termos da certificação sanitária internacional das cargas.

 

"Importante ressaltar que a fábrica da BRF em Campos Novos já atende outros países asiáticos, entre eles, Japão e Cingapura", afirmou a companhia.

 

Reuters



Publicidade