Notícia

11/10

Algodão: Vazio sanitário começa domingo no Médio-Norte, Norte e Noroeste de MT

Algodão: Vazio sanitário começa domingo no Médio-Norte, Norte e Noroeste de MT

 

Os produtores de algodão dos municípios de Campo Novo do Parecis, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Sapezal, que integram as regiões Médio-Norte, Norte e Noroeste de Mato Grosso, respectivamente, têm até o próximo sábado (14) para destruir os restos de cultivares da safra 2016/17 pois a partir do domingo (15) começa o vazio sanitário.

 

Até o dia 15 de dezembro, fica proibido o plantio nestas áreas, assim como a permanência de plantas remanescentes da última temporada no intuito de conter a praga bicudo do algodoeiro. Segundo informações da Associação Mato-grossense dos Produtores do Algodão (Ampa), divulgadas ontem, a medida decorre da Instrução Normativa Conjunta Sedec/Indea-MT nº 001/2016, legislação que dividiu o Estado em dois períodos de vazio sanitário. As restrições no plantio que começam nos próximos dias serão aplicadas à Região II.

 

Os municípios de Campo Verde, Primavera do Leste e Rondonópolis, localizados no Centro, Centro-Leste e Sul de Mato Grosso, compõem a Região I, cujo vazio foi iniciado em 1º de outubro e terminará em 30 de novembro. A semeadura da safra 2017/18 está autorizada nestas áreas a partir de 1º de dezembro. O vazio sanitário visa a eliminação da chamada "ponte verde", informa o presidente da Ampa, Alexandre Schenkel, pois este é o período responsável pela alimentação de insetos-praga e vetores de doenças do algodoeiro na entressafra.

 

Globo Rural 



Publicidade