Agrovídeo

07/11

Mercado do Agronegócio: Recria em Confinamento - Importância da Proteína

 

Vídeo que reforça a importância de um protocolo nutricional para o confinamento. De acordo com a categoria animal e os objetivos zootécnicos e financeiros elaboramos um programa nutricional. Para animais jovens no confinamento preconizamos pelo menos duas dietas, uma de crescimento e outra de terminação. Na fase de crescimento trabalhamos com níveis mais altos de Proteína Bruta para promover o crescimento dos animais. Há várias fontes de Proteína no mercado. Há fontes Vegetais como os farelos de Soja, Amendoim, Algodão etc. Além destas fontes temos a Uréia como fonte de Nitrogênio que será transformado em Proteína Microbiana no Rúmen (estômago) dos animais. A Uréia é a fonte mais barata de Proteína em dietas de confinamento e devemos usar o máximo possível, sempre Respeitando os limites máximos de inclusão na dieta. Uma excelente alternativa para Reduzir o Custo da Dieta e consequentemente o Custo da @ Produzida no Confinamento é o Optigen. O Optigen é uma Uréia Protegida ou uma Fonte de Liberação Lenta de Nitrogênio. A proteção do Optigen promove uma liberação gradativa de nitrogênio no rúmen. A curva de liberação é muito semelhante à curva do Farelo de Soja. Desta forma conseguimos elaborar um dieta com excelente nível proteico, segura e muito competitiva associando como exemplo: Farelo de Soja + Uréia + Optigen. Caso tenha interesse em conhecer mais sobre o Optigen, nosso portfólio de produtos e serviços entre em contato. André Melo andre@mercadodoagronegocio.com



Publicidade