Agrovídeo

06/04

Cana Online: Usina IRB opta pela cantose e alcança uma taxa de multiplicação de 1:13

 

A Usina IRB (Engenho São Pedro Agroindustrial), localizada no município paulista de São Pedro, optou pelo sistema de Cantose em vez da já tradicional Meiosi (Método Interrotacional Ocorrendo Simultaneamente). Segundo o consultor da usina, Paulo Valério, o motivo principal é a alta quantidade de áreas declivosas encontrada nos arredores da empresa, que impossibilitam que a Meiosi seja implementada. Para formar os viveiros de Cantose, foram utilizadas mudas pré-brotadas AgMusa, da BASF. O consultor explica que a empresa decidiu investir nessa tecnologia pela sanidade proporcionada por ela. “Este ano, fizemos 5 hectares de RB855156, 5 hectares de RB867515 e 4 hectares de CTC 9001. A ideia é levar esse material para áreas estratégicas, multiplicar e ter uma alta pureza varietal.” Os viveiros, plantados em agosto e setembro de 2017, já contam com uma alta taxa de mudas por metro de colmo e uma produtividade que ultrapassa as 100 TCH. “Quando me falaram que esse sistema poderia alcançar uma taxa de desdobra de 1:18, duvidei na hora. Porém, olhando para as nossas canas e fazendo as contas, já vejo que esse número é possível de ser alcançado.”



Publicidade